25 Dicas de Email Marketing para pequenas empresas

O e-mail não está morto, na verdade, ainda é uma das melhores maneiras de encontrar novos clientes, fazer mais vendas ou criar um público fiel de seguidores. Pequenas empresas, que operam online ou offline, têm muito a ganhar com o e-mail marketing, mas muitos deles o ignoram e perdem diversas oportunidades.

Se você tem uma loja online, blog ou site de serviços, o e-mail é uma ótima maneira de manter contato com seus clientes atuais e uma das maneiras mais eficientes de converter potenciais clientes em clientes efetivos.

Muitas pessoas acreditam que o crescente uso das mídias sociais alterou o papel do e-mail como poderosa ferramenta de marketing, mas isso está longe de ser verdade. Estatísticas recentes indicam que:

44% dos destinatários de e-mail fizeram pelo menos uma compra no ano passado com base em um e-mail promocional.

Um e-mail tem 40 vezes mais efetividade para aquisição de novos clientes do que as redes sociais.

Empresas que utilizam e-mail marketing geram 50% mais leads qualificadas para a equipe de Vendas, com 35% a menos de custos.

Nos Estados Unidos cada dólar gasto em campanhas de e-mail marketing obtém 38 dólares em retorno médio de investimento.

Como aumentar sua lista de contatos

A essência de uma campanha de e-mail marketing é a lista de contatos e ter uma lista de qualidade pode fazer a diferença quando se trata de conversões e do retorno da sua campanha. Crescer sua lista contatos leva tempo e esforço e as dicas a seguir ajudarão você a fazê-lo corretamente.

  1. Ofereça diferentes opções e facilite a inscrição

Esta é a primeira e talvez uma das mais importantes etapas. Você precisa facilitar as pessoas para se inscreverem em sua lista. Não há necessidade de pedir muita informação (nome e e-mail são suficientes) ou ter formulários de registro longos e confusos.

Tente fazer em um “clique único”, ou seja, as pessoas entram com seu nome e email no formulário e clicam em “Registrar”. Uma vez que eles confirmam seu e-mail, eles estão na sua lista.

Se você quiser ir além, também pode permitir que as pessoas se inscrevam na sua lista de e-mails usando suas contas de redes sociais. É mais fácil para eles e você também consegue se conectar com eles nas mídias sociais.

  1. Ofereça incentivos

Por que alguém deve lhe dar seu endereço de e-mail, qual é o benefício para eles? Certifique-se de que o benefício seja mostrado claramente no formulário de inscrição. Você vai ajudá-los com alguma coisa, eles receberão ebooks gratuitos, descontos para a próxima compra, cupons, etc?

  1. A posição do formulário de registro é importante

A posição onde você coloca o formulário de registro afeta o número de pessoas que se registrarão em sua lista. As melhores práticas incluem ter o formulário de inscrição:

Acima da dobra (ou seja, na parte da página visível sem rolagem)

Barra lateral superior direita – se estiver usando barras laterais, a direita superior é ideal para o formulário de registro.

No final de seus artigos – se alguém lê seus artigos até o final, provavelmente gostará do que estão lendo e é mais provável que deseje ler mais.

Rodapé – Outro lugar de conversão para inscrições de e-mail é o rodapé. Especialmente para lojas online e sites que têm páginas e não postagens.

Topo da página inicial – Muitos sites e comerciantes populares usam esse método para obter mais assinantes de e-mail. Ter o formulário de inscrição no topo da sua página inicial gerará mais inscrições.

  1. Dê-lhes informações sobre o que esperar e quando

Informe os seus assinantes sobre o tipo de informação a esperar de você (novas postagens, infografia, cupons, ofertas, etc.) e quando (todos os dias, todas as semanas, sempre que tiver uma nova postagem, etc.). Seja honesto e tente não prometer algo que você não possa cumprir, ou seus esforços de e-mail marketing irão falhar.

  1. Personalize suas mensagens

Quando você usa um software ou serviço para enviar os emails, gaste algum tempo para personalizar as mensagens. Procure facilitar o processo de registro e informe os usuários sobre o que está acontecendo em cada etapa. Por exemplo, uma vez que eles inserem seu nome e email pela primeira vez, que eles saibam que precisam confirmar seu endereço de e-mail para finalizar o registro.

  1. Faça o texto fácil de ler e use o atributo alt para imagens

Não espere que as pessoas leiam seu e-mail todas as vezes ou que estejam dispostos a gastar muito tempo nele. A melhor prática é assumir que você tenha apenas alguns segundos para chamar sua atenção (desde o momento em que vêem o e-mail), então trabalhe em seus títulos e na formatação do seu e-mail para facilitar a leitura.

Use cabeçalhos e pequenos parágrafos e, se você decidir usar imagens, certifique-se de definir o atributo ALT, já que a maioria dos clientes de e-mail não mostra imagens por padrão.

  1. Use as mídias sociais como  meio para obter mais assinantes de e-mail

Seu site não é o único meio para aumentar seus assinantes de e-mail. Você pode usar o Facebook, Twitter, Google+, Pinterest e qualquer outra rede social para obter mais e-mails. Não tenha medo de pedir aos seus seguidores que se inscrevam em sua lista, mas não se esqueça de explicar os benefícios de fazê-lo.

  1. Não exagere e não quebre suas promessas

Enviar mais e-mails do que o prometido não irá necessariamente gerar melhores resultados. Se você prometeu enviar um e-mail por semana, então não comece a enviar mais, crie um resumo semanal em vez disso. Você pode dar-lhes opções para alterar suas preferências de assinatura e obter mais e-mails de você, mas não quebre suas promessas iniciais.

  1. Envie-lhes a informação que precisam no e-mail

Sim, os e-mails são uma ótima maneira de obter mais visitantes no seu site, mas ao executar uma campanha de e-mail marketing para aumentar as vendas, seu principal objetivo é conseguir mais conversões e não mais visitas.

Por exemplo, vamos assumir que você está vendendo cursos online e você administra uma campanha de e-mail marketing usando a lista do seu blog. No e-mail que você envia, certifique-se de que o assinante receba todas as informações pertinentes sobre o curso no próprio e-mail e eles só precisem ir ao site para efetuar a compra ou ler mais comentários e detalhes adicionais.

  1. A maioria dos e-mails são lidos no celular

Não é nenhuma surpresa que:

53% dos e-mails são lidos em dispositivos móveis e isso deverá aumentar para mais de 60% até o final de 2018!

39% dos comerciantes não têm estratégia para o e-mail em plataformas mobile.

As estatísticas acima mostram duas coisas importantes, primeiro é que seus e-mails devem ser amigáveis para dispositivos móveis e em segundo lugar, você precisa ter uma estratégia para plataformas mobile. Então, antes de finalizar sua próxima campanha de e-mail, certifique-se de que ele é testado em todos os principais dispositivos móveis (você pode usar emuladores para ver como o e-mail aparece em diferentes dispositivos).

  1. Monitore os resultados e tome medidas corretivas

Se você está executando uma campanha de SEO, marketing de redes sociais ou campanha de e-mail marketing, é importante não “configurá-la e esquecê-la”, mas executá-la, monitorar os resultados (taxa de abertura de e-mail, taxa de cliques, taxa de cancelamento, taxa de conversão, etc. ), fazer ações corretivas e executá-la novamente.

Este é um processo contínuo até obter os resultados desejados. À medida que você fica mais experiente, você também pode fazer segmentações de mercado e fases pré-piloto e piloto, mas na maioria dos casos, o que é importante é realizar algum monitoramento e controle básicos.

  1. Observe a concorrência

Registre-se na lista de contatos dos seus concorrentes e veja quais técnicas eles estão usando, que tipo de e-mails enviam, com que frequência, que tipo de produtos eles promovem etc. Sua intenção não é copiar ou imitar as práticas do seu concorrente, mas garantir que você está à frente deles.

  1. Facilite o cancelamento da inscrição

Não tente ocultar o botão de cancelar a inscrição, acreditando que isso irá manter alguém na sua lista. É melhor fazê-los cancelar a 14. Crie uma estratégia de marketing de conteúdo para suas campanhas de e-mail marketing

Você deve conceber alguns conceitos básicos sobre estratégias de marketing. O marketing de conteúdo não é o mesmo que o marketing de redes sociais e certamente não é o mesmo que um e-mail marketing. Pelo contrário, sua campanha de e-mail marketing precisa ter uma estratégia de marketing de conteúdo, ou seja, qual o tipo de conteúdo a ser enviado por e-mail e quando entregar.

Simplificando, faça um plano sobre o tipo de conteúdo que você enviará nos próximos meses e assegurará que tenha um propósito e significado, você também pode usar algumas dicas de marketing de conteúdo para tornar seu conteúdo mais interessante para seus assinantes.

  1. Use o e-mail para fazer vendas cruzadas e vendas futuras

Se você ainda não se registrou no Amazon.com, certifique-se de fazê-lo e veja o que eles estão fazendo com suas estratégias de marketing por e-mail. Quando você visualiza um produto na Amazon, você receberá um e-mail em alguns dias com sugestões semelhantes e quando você comprar um produto, você receberá um e-mail com mais produtos para comprar.

Talvez você não tenha os meios para fazer esse tipo de análise, mas se você conhecer melhor sua lista, você também entenderá seus clientes e nichos.

  1. Inclua também os seus perfis de redes sociais no e-mail.

Eu já mencionei que você deveria usar as mídias sociais para aumentar sua lista de e-mail, mas você também deveria usar seus newsletters como forma de aumentar seus perfis de redes sociais também. A maneira mais simples e eficaz é adicionar os botões das redes sociais em sua newsletter para que seus assinantes possam compartilhar o conteúdo, mas também se conectar com você nas diversas redes sociais.

Os erros mais comuns de e-mail marketing cometidos por pequenos empresários

Além das dicas acima que o ajudarão a aumentar sua lista de assinantes, você também pode aprender com os erros de outros e obter melhores resultados, evitando esses erros comuns cometidos por proprietários de pequenoss negócios.

  1. Não ter uma lista de contatos em primeiro lugar

Parece óbvio dizer isso, mas o primeiro erro no e-mail marketing é não ter uma lista em primeiro lugar! Não há absolutamente nenhuma desculpa para não manter uma lista de e-mail para seu negócio ou website.

Se você está lendo isso e ainda não tem lista de assinantes de e-mail, agora você sabe a primeira coisa que deve fazer depois de ler este artigo.

  1. Ter uma lista, mas não enviar boletins informativos

Segundo erro, manter uma lista e coletar e-mails de clientes, mas nunca enviar uma newsletter ou e-mail. Este é talvez o erro mais comum que vi todos esses anos e a desculpa é sempre a mesma: “Estávamos planejando enviar um boletim de notícias, mas nunca o fizemos”.

Não há desculpas, você tem muito a ganhar com a comunicação com seus clientes ou leitores e se você não pode contrate alguém para fazer isso por você.

  1. Não oferecer incentivos para inscrições

Se você tem um site de conteúdo, o incentivo para se inscrever é o conteúdo em si, mas se você estiver vendendo produtos ou serviços, talvez seja necessário dar alguns incentivos (ou seja, descontos, ofertas especiais) para alguém se inscrever.

Não reservar um tempo para pensar sobre incentivos e outras maneiras de aumentar sua lista de contatos é uma das principais razões para não obter um bom retorno de seu investimento.

  1. Comprar e-mails de outras fontes

Os atalhos não trazem resultados e isso vale para quase todas as atividades online. Se você acha que pode ter sucesso ao comprar e-mails de algum site na Internet, você está enganado. Tente aumentar sua lista de e-mails naturalmente e usar boas práticas para não encontrar problemas comprando listas de e-mail.

  1. Não pedir verificação de e-mail

É um passo extra, mas o que é importante para o sucesso do marketing por e-mail é a qualidade da sua lista de e-mail e não a quantidade. Melhor pedir verificação de e-mail e obter menos assinantes em vez de não usar a verificação e ser carregado com contas de e-mail inativas ou inválidas.

  1. Não seguir as melhores práticas para enviar e-mails

Quando você deseja enviar emails em massa, você precisa seguir os melhores padrões e práticas, caso contrário você será considerado um spammer.

Por exemplo, você precisa ter seu endereço no e-mail junto com um botão de cancelamento de inscrição, você precisa lembrar os assinantes onde você obteve seu endereço de e-mail e você precisa enviar uma versão HTML e texto apenas. Estes são apenas alguns exemplos, o seu fornecedor de e-mail deve ser capaz de guiá-lo através do processo.

  1. Não usar um serviço para enviar e-mails em massa

É um erro tentar e enviar e-mails sem usar um serviço próprio para isso. Muitas pessoas pensam que podem usar o Outlook ou o Gmail para enviar emails em massa, mas isso está longe de ser recomendado. Conforme explicado acima, há muitos riscos envolvidos e é melhor usar um serviço profissional que o protegerá de erros. A maioria das empresas de e-mail marketing tem pacotes gratuitos para pequenas empresas, de modo que o custo não é um problema.

  1. Não fazer testes A / B

Uma campanha de e-mail marketing está longe de ser estática. Além de monitorar o desempenho, você também deve fazer vários testes e descobrir quais deles produzem melhores resultados. Alguns exemplos de testes que você pode executar:

Hora de enviar e-mails – Qual hora / data converte melhor

Posição da caixa de inscrição – Qual posição da caixa de inscrição traz mais assinantes

Tipo de e-mails – Os e-mails simples funcionam melhor do que os e-mails com mais texto, títulos, imagens etc.

Títulos do assunto – Quais títulos têm as maiores taxas de abertura (títulos longos vs títulos curtos, etc.)

Uso de imagens – Quando você usa imagens no email, ele produz mais cliques?

  1. Não pedir aos usuários que o adicionem à sua lista de contatos

Por último, mas não menos importante, não é ruim pedir aos seus assinantes que o adicionem à sua lista de contatos. Isso garantirá que seus e-mails não sejam considerados spam e você aumenta o número de pessoas que receberão seus e-mails.

Conclusão

De acordo com uma estatística, existem mais de 3,7 bilhões de contas de e-mail em 2017. Quase todos usuários da internet têm um endereço de e-mail e ainda é uma das formas mais eficazes de contatar e se envolver com seus clientes. Pequenas empresas DEVEM ter uma estratégia de e-mail marketing e aproveitar os muitos benefícios que uma campanha bem-sucedida tem para oferecer.

Facebook Comments